Liberte-se da Dívida de Não Agradar a Todos


Sugestões Relacionais – Autenticidade e Respeito

Quando alicerçamos nossas atitudes apenas na vontade do outro vamos perdendo nossa essência. A vida, por exemplo, nos coloca em situações que sozinhos seguiríamos um caminho, mas acompanhado dependendo do nosso nível de consciência adotaríamos outro e isso pode ser positivo ou negativo. Nesse instante há milhares de pessoas sendo influenciadas por outras: mães e pais influenciando seus filhos, professores influenciando seus alunos, o médico influenciando seus pacientes a serem mais saudáveis, empreendedores entusiasmando alguém a começar seu próprio negócio e etc.

Veja um exemplo: Fernando foi receber o resultado do semestre, contudo ao sair de casa falou que não demorava, porém ao chegar à faculdade encontrou seus colegas e diante do resultado positivo esses o chamaram para comemorar, Fernando esqueceu a promessa feita anteriormente e mesmo falando que precisava ir embora os amigos pediam para que ele ficasse mais... 

Ele não perdeu só a noção do tempo, ignorou a ciência de que não era acostumado a beber, mas para agradar os companheiros vestiu a personalidade destes. Talvez se tivesse uma câmera naquele lugar e fosse entregue um CD a Fernando ele não se reconhecesse e se envergonhasse. 

Fernando em outra situação, em outro momento ou em algum contexto distinto pode ser eu ou você. Às vezes vamos vestindo a roupa dos outros e acabamos esquecendo nosso estilo, vamos cedendo aos gostos de outras pessoas, experimentando suas escolhas e sem perceber vamos nos transformando em alguém que não reconhecemos quem é. 

Permita que as pessoas sejam elas mesmas, quem vive por querer agradar a todos nada mais é que uma ilusão, por isso muitas vezes a proximidade desmonta o personagem. Não idealize uma pessoa pautando-se naquilo que você quer que ela seja, pois a frustração será um caminho reto e sem obstáculos: você vai se decepcionar. 

Conquista
Hoje, vemos por ai ensinamentos de inúmeras técnicas de como conquistar alguém entre as quais: A pessoa estuda os gostos da outra e torna-se parecida com esta, mas o problema começa depois da conquista, pois a tendência é de “relaxamento” por não vê mais necessidade de mostrar ser alguém atrativo. 

Onde foi parar aquele cara que enviava varias mensagens de amor, que lembrava a data do aniversário e do primeiro beijo? Cadê aquela mulher compreensiva que dizia aceitar que o futuro marido saísse com seus amigos? Onde está aquele homem que odiava sair pra jogar bola e enviava buquês? Simples, saiu do armário com sua roupa real. Em tempo que algumas pessoas têm preguiça de lê as entrelinhas é preciso deixar claro que há coisas que realmente tem mais intensidade no momento da conquista, como também há comportamentos que são válidos serem modificados, mas cada um dentro da sua vivencia relacional compreenderá o que não passava de jogo. 

O fingimento abre portas temporárias. Sim, há condutas que atraem pessoas, mas se a gente tem algo que precisa ser transformado que seja feito por a gente mesmo e não apenas pra agradar na intenção de uma conquista, por isso é comum que as rosas e chocolates não cheguem mais de forma inesperada. Prefiro que o cara me envie um par de ingressos para o jogo do time dele se essa for a sua verdade. Temos que parar com essa coisa de ter medo de ser a gente mesmo e abrir os olhos para quem o outro é de verdade.

Nas redes sociais do trabalho que realizo já recebi críticas nada relevantes por postar sobre minhas crenças inclusive por falar até em Deus. Para exemplificar citarei uma: “Ciganos não falam de Deus” não sei onde essa pessoa aprendeu isso (respeito), mas que fique claro que em todas as redes sociais da Consultoria Intuitiva Astral Cigano falarei de tudo que INTUIR que devo. Houve um tempo em que pensei que essas pessoas só tinham uma opinião diferente, mas vão além elas querem chegar, causar e fincar sua bandeira visando anular o outro. Que fique claro para estas que aqui o astral é cigano e portando um lócus de alegria, leveza, bom senso e amor e não admitirei o que destoe disso. 

Ser cigano (exônimo para roma) não é uma religião nem uma profissão é pertencer a uma cultura que como todas modifica-se com o tempo porque estamos em constante evolução ( ainda bem) e isso não torna ninguém menos rom. Leiam livros e textos de séculos atrás, mas não reduzam nenhuma etnia ao que passou, pois estamos em outro tempo e a história continua a ser escrita. Atualmente há ciganos com religião, crenças, documentos, diploma e endereço fixo e isso não os torna menos livres. Onde algumas pessoas andam fundamentando suas ideias sobre o que é SER CIGANO? Quem dera vivêssemos numa era em que nem precisássemos de roupa como Adão e Eva, onde não fosse necessário construir muros, por grades nas janelas ou ter que exigir respeito. Críticas construtivas são bem-vindas, mas há uma diferença clara entre expor uma opinião e alguém usar de sua liberdade de expressão para “causar” num espaço que preza pela paz.  

Imagine se eu fosse parando de falar em algo que acredito gradativamente porque alguém não se agradou... Chegaria o dia em que eu estaria engessada pelo medo de alguém não se aprazer. Ser a gente mesmo é libertador, mas tem o preço de deixar o ego desconcertado, pois ele quer aplausos, elogios e unanimidade. Que cada um de nós saiba encontrar o ponto de equilíbrio. Que todos encontrem sua turma, seu grupo, sua comunidade ou mesmo se visitar porventura um lugar que não é sua “praia preferida” saiba respeitar o direito do outro SER aquilo que não agride, fere ou desmerece outrem. 

Por último, mas não menos importante graças a Deus, a Sara e a toda Egrégora Espiritual que conduz o projeto Astral Cigano nossa comunidade é composta em sua maior parte de pessoas muito amáveis, sensatas e que se identificam com nossa energia. Para estas minha eterna gratidão, minha verdade e reciprocidade. As postagens são sugestões, portanto usem com reflexão e sabedoria. Que a influência seja positiva, amorosa e mútua, pois eu também estou aqui para aprender. Caminhada segue. Opré Rroma! 

Autoria: Cigana Mah 🌷
_________________________________________________
Oráculista na Consultoria: Astral Cigano


Nenhum comentário :

Postar um comentário

Topo