O que o Destino nos Reserva?

Âmbito Amoroso e nosso Destino

No contexto relacionamento amoroso podemos achar naqueles dias não tão bons que estamos com a pessoa errada e que consequentemente perdermos o caminho do nosso destino, então ficamos fantasiando que a pessoa certa nos faria surpresas todos os dias, que tocaria violinos no jantar e ainda que agradaria em totalidade aqueles com quem mais convivemos e ou queremos impressionar.

Destino e Amor
Sabemos que destino não é um filme da Disney com castelos, fada madrinha, princesas e príncipes, então é preciso desmistificar a ideia de que ele nos reservou exclusivamente viver com o lobo para ensiná-lo noções básicas sobre respeito. Ele também não é um carcereiro que nos prende numa dívida kármica eterna, pois ser feliz é um direito que todos nós podemos acessar.

Quando desapegamos das coisas efêmeras começamos a entender que nosso destino não tem fim, pois é sempre uma viagem onde se estivermos dispostos e perceptivos iremos plantar, colher, aprender, aproveitar e compartilhar aquilo que temos de melhor.

Se você se sente imensamente feliz continue a caminhada regando com amor as relações que tens construído, se notar que falta algo siga em frente tentando melhorar o que, principalmente, depende unicamente de você, se estás triste reflita sobre como tem desempenhado o papel que se propôs: esposa, namorada, marido, mãe, pai, etc., sem esquecer do nível de consciência que tinhas quando fez essa escolha, deste modo perdoe-se.

O destino prefere que a gente guarde lições e não colecione nomes, portanto não esqueça a importância das coisas que são apenas entre você e Deus, ou mesmo entre você e seus valores, reflita sobre a posição da sua dignidade e então sacuda a árvore da vida levando exclusivamente aquela bagagem que a experiência nos presenteia com a sabedoria de entender o que não é um peso, mas sim nossa estrutura.

Autoria: Cigana Mah 🌷
_________________________________________________
Oráculista na Mentoria Intuitiva: Astral Cigano




Nenhum comentário :

Postar um comentário

Topo